Sunday, January 28, 2007

O QUE O PEQUENO ALBERGUE À BEIRA MAR TEM POR AÍ...

Peixe musical fresco. Ou não. Coisas a que eu devia ter dado mais atenção no decorrer de 2006 e que agora vou falar delas. E coisas giras de 2007 Evoluções e assim. Bandas novas e concertos aí a estalar. E coisas do género. Dentro do nosso pequrenino T0 engalfinhado aqui à beira-mar. Aqui vai a primeira pescada:

MADCAB



Os tipos lisboetas que, de início, eram um bocado acusados pela faceta grunge, vão editar o álbum de estreia. Chamar-se-à "keeping wounds open" e os quatro temas em escuta denotam algo desde já: evolução. Agora estamos em patamares tipicamente rock com a "catchy beggars", algumas pinceladas indie pelo meio com "sweet bone chill", o instrumental de "Commercial suicide", que tem um tom relativamente idêntico àquilo que o baterista Luís costa tem no seu projecto a solo- embora este tema tenha uma abordagem mais pesada e muito interessante. Ainda existe "mind bender", este sim vai de encontro à sonoridade passada da banda, embora com uma roupagem bem mais personalizada.

"Keeping wounds open" parece ser coisa boa, se atentarmos às faixas escutadas. Agora é ouvir as outras seis e esperar que elas consigam manter a bitola destas quatro. Eu acredito que sim.

http://www.myspace.com/madcab

MY CUBIC EMOTION



Os pombalenses my cubic emotion editaram no ano passado "It's violent juliette, don't look". Nota-se claramente aqui uma maturação sonora bastante assinalável: o emocore da banda não é tão incipiente como o de há uns tempos, a produção é muito razoável e os temas são bons o suficiente para deixar um gajo interessado. No entanto existe uma normal colagem de outras bandas dentro do género. A verdade é que, embora bem mais aprumados tecnicamente os my cubic emotion não se distanciam muito dos seus pares do emocore. A grande diferença é que têm talento para a coisa: sabem criar os tais bons temas que captam interesse - e num género cada vez mais estagnado isso parece ser o mais importante. Atentem no excelente refrão de "behind the clowning" por exemplo. Pena não terem reciclado a "let's just be poetic when we die" mas acontece.

http://www.myspace.com/mycubicemotion

TAPE LOADING ERROR



È só um tipo, Rodrigo Costa de seu nome. Vagueia em caminhos mais indie, relacionados com diversas bandas que eventualmente pertencerão ao circuito brit-pop. Há aqui um certo conceito de rock dançável que vem de bandas como bloc party ou mesmo de uns franz ferdinand - a grande diferença é que é algo um pouco mais soturno e programático.
Sim, não é propriamente a coisa que eu mais gosto no mundo...no entanto aqui há um elemento sedutor, possivelmente resultante de um certo amadorismo propositado diria eu. enfim é bom ver gente autodidacta que consegue criar bons motivos de interesse na sua música.

http://www.myspace.com/tapeloadingerror

RIDING PANICO



Primeiro ponto: aquele nome pá...não vai ao sítio. Não sei porquê não lhe acho piada. Pronto. No entanto a música destes lisboetas, que vêm mais ou menos do mesmo grupo de amigos de uns linda martini ou if lucy fell(ou pelo menos derivam mais ou menos do mesmo local, se eu não estiver muito enganado) é esmagadora. Pelo menos cria grandiosos ambientes, decorrentes de um post-rock misturado com uma certa sonoridade lounge, com algumas programações pelo meio. O resultado é uma sonoridade densa e já muito personalizada. A verdade é que os riding panico poderão ser a next-big-thing portuga se lhes derem espaço para crescer e se, sobretudo, os deixarem percorrer o caminho. fica aqui a atenção(que felizmente não é exclusiva aqui do barracão)

http://www.myspace.com/ridingpanico



CONCERTOS E ISSO:

A agenda fica agora com mais dois concertos portugas: men eater + os before the torn serão os primeiros.




Depois do bem recebido ep, os men eater vão editar o seu primeiro disco, de nome "hellstone". Se no ep as influências de sludge eram evidentes, nas músicas que a banda disponibilizou no seu myspace, parece-me que isso se nota ainda mais embora nunca existe uma colagem a nada. Tal como está escrito no flyer o concerto realizar-se-à no dia 17, 3 euros será a entrada e o início das hostes está marcada para as 22 horas. E como bónus terão ainda os before the torn, banda portuga de death metal melódico com algumas influências de hardcore(rótulo manhoso aqui do je), e que já foi alvo de uma pertinente entrevista há uns tempos atrás.

http://www.myspace.com/meneaterdoom

http://www.myspace.com/beforethetorn

e agora o de twenty inch e fiona at forty pois:



Aquele que irá ser o último concerto de bandas nacionais no lótus bar, terá como intervenientes os twenty inch burial e os fiona at forty, que saberão concerteza dar àquela casa um último fôlego que ela mereça, e realçar a pouca vergonha que é ver um palco daqueles fechar. Mas enfim a crise é para todos, e sem saber quais foram as razões do fecho do melhor projecto de sempre do miguel ângelo (opinião claramente tendenciosa, mas calculo não ser o único.. :P) digo desde já que tenho uma pena do caraças que o lótus bar vá fechar. e mea culpa para mim que admito nunca lá ter ido - embora cascais não fique propriamente aí à mão de semear.

concerto começa às 23 horas, portas abrem às 9 e meia, 4 aéreos é o preço. Pronto. Informação meio supérflua porque está tudo no cartaz.

http://www.myspace.com/twentyinchburial

http://www.myspace.com/fionaatforty

Bandas, concertos, links... agora é com vocês pá. e podem crer que isto é uma mini-gota num oceano que se vai revelando cada vez maior. e ainda bem.

1 Comments:

Anonymous Cláudio said...

So ha pouco tempo e k venho a este espaço mas gostei desde o 1º post k vi. ja li algumas entrevistas e dás a conhecer muitas e boas bandas tugas. parabens por este estamine e continua assim

6:19 PM  

Post a Comment

<< Home